Como reconhecer um parceiro abusivo

Sentes que estás a ser abusado(a), há uma grande chance de ser verdade e vale a pena procurar ajuda!

Precisas conhecer os sinais mais comuns de violência baseada no gênero, isso pode estar acontecendo contigo, apanha as dicas: 

Sentes medo do teu parceiro?

 Isso é um grande sinal, tu podes ter medo de dizer o que pensas, de falar sobre um determinado assunto.

 Medo de fazer algo de bom, de dizer não a algo que tu não concordas, ou mesmo de dizer não ao sexo;

 Não importa o motivo, o medo não tem lugar em um relacionamento saudável!

Teu/tua parceiro(a) te separa da tua família e dos teus amigos

  • Te acusa de ter um caso;
  • Te culpa por tudo que acontece;
  • Crítica tudo o que tu fazes;
  • Ameaça te matar, ou alguém próximo de ti;
  • Joga coisas no chão ou dá murros nas paredes quando está com raiva;
  • Grita contigo e faz-te sentir pequeno/a;
  • Não dá espaço para tu falares dos seus sentimentos;
  • Não dá espaço para tu dares a tua opinião para qualquer assunto;
  • Rastreia o teu telefone e localize-te sempre que ele quer. 

Teu/tua parceiro(a) controla o teu dinheiro de forma exagerada

  • Guarda teu dinheiro e teus cartões de crédito em um local que desconheces; 
  • Te dá uma mesada e exige que expliques cada centavo que gastas;
  • Te proíbe de trabalhar no emprego que quiseres;
  • Rouba o teu dinheiro; 
  • Não te deixa fazer poupanças para necessidades básicas;
  • Não te deixa comprar comida, roupas novas e outras coisas que gostarias;
  • Não te deixa ajudar financeiramente aos teus familiares e amigos ou alguém que desejas;
  • Escolhe o que deves comprar quando tens um determinado valor.

Teu/tua parceiro(a) te separa da tua família e dos teus amigos

  • Controla onde vais e com quem vais;
  • Faz-te pedir permissão para visitar amigos e familiares;
  • Não permite que teus familiares e amigos te visitem;
  • Não permite que faças novos amigos;
  • Envergonha-te na frente dos outros e faz-te querer evitar as pessoas;
  • Controla os teus passos diários;

Teu parceiro te agride fisicamente

  • Te abandona em um lugar que não conheces para voltar a pé sozinha (o);
  • Te bate com objectos perigosos como facas, garrafas, ferro, tesoura, armas e outros;
  • Impede que comas, durmas e recebas cuidados médicos caso estejas doente ou com ferimentos;
  • Te tranca dentro ou fora de casa;
  • Te dá socos, empurra-te, dá pontapés, mordidas ou puxa o cabelo;
  • Tenta te atacar durante o sono de surpresa ou com armas e outros objectos.

Teu parceiro te abusa sexualmente

  • Te obriga a fazer sexo;
  • Te obriga a usar objectos sexuais
  • Te obriga a vestir roupas que te deixam desconfortável;
  • Faz-te sentir que deves sexo a ele(a);
  • Não te protege das doenças de transmissão sexual;
  • Não aceita usar contigo um método de planeamento familiar.
  • Não aceita usar preservativos ou outro método de prevenção de doenças quando sugeres.

Muitas vezes os sinais são iguais para os homens assim como para as mulheres.

Teu parceiro te abusa emocionalmente

  •  Leva as coisas que mais gostas;
  •  Leva teus remédios ou outras coisas importantes para ti;
  • Envergonha-te em público ou nas redes sociais;
  • Bate nos teus filhos ou nos vossos animais de estimação;

Se conheces alguém que está a passar por esta situação, vá a um posto policial mais próximo ou podes ligar para as linhas de apoio grátis como linha fala criança 116 ou mande uma sms para 92222 SMS Biz;

Podes também falar com os psicólogos do TXEKA através do 872373364, é grátis, eles podem ajudar no acompanhamento médico. 

Para informações sobre como ajudar alguém nessa situação, click aqui: Como ajudar alguém que sofre VBG

Partilhar este artigo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Mais artigos:

Corpo Masculino

Circuncisão Masculina

A circuncisão é a retirada da pele que cobre a cabeça do pênis.  A partir dos 18 anos, podes escolher ser circuncidado em uma clínica

Corpo Masculino

Ereção do penis

 O termo ereção se refere ao aumento do tamanho e endurecimento do pênis. Durante uma ereção, o sangue corre para o pênis e faz com